segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Belesa


A tenho observado, filha de Afrodite, nascida nos tempos de hoje, encarnação do sol, luz que trance de seu corpo num jorro  de beleza e perfeição, olhos desejosos do prazer e da luxuria de enamorados e amantes, reluz em esplendor apaixonado, numa eternidade de  virtuoso destino , guia-me aqui e agora pelas trilas de teus desejos.
Encanta-me e desaparece em sua tentação, o carmesim que me ilude, ruboriza tua pele enquanto caminho consternado pelas curvas tortuosas de teu avassalamento  perturbado.

Disfarce que assume, distrai os que contemplam teu templo, tu morada, faz de corações seu tesou espalhando as raízes de sua vontade em seus cativos,teus escravos.

B.M.

Nenhum comentário:

Postar um comentário