domingo, 9 de novembro de 2014

Retira de mim.

Retira de mim.
Retira de mim.
Desejo desesperado.
Medo descontrolado.
Impulso de ter-te.
Retira de mim.
Paixão e amor.
De um gesto sedutor.
Hipnotiza e desvanece.
E de mim tudo consegue.
Com sorriso febril.
De amor o servil.
De desejo escancarado.
E de morte desesperado.
Na sequencia da roda.
De uma vida sem rota.
De um homem sego.
De vício sincero.
Do toque.
E da carne.
Do beijo suave.
Caricias gentis.

E sonhos servis.
B.M.

Nenhum comentário:

Postar um comentário